Atletas ajoelham no campo em homenagem a Salézio Kindermann




A arquibancada do Caldeirão da Baixada em Caçador apresentava um vazio entristecedor na tarde desta quarta-feira (21). Isso porque além da torcida, que está fora dos estádios desde o início da pandemia, a tarde desta quarta-feira (21), foi a primeira vez em pelo menos 4 anos que o presidente do Avaí Kindermann, Salézio Kindermann, não estava presente no jogo do time, em casa. Lutando contra a Covid-19 na UTI do hospital Maicé, o Brasil inteiro se uniu em uma corrente de orações pela recuperação de Salézio.

 

No primeiro jogo em casa do Campeonato Brasileiro 2021, as atletas do Avaí Kindermann fizeram um ato em homenagem e como demonstração de força e incentivo a recuperação do presidente da equipe. Salézio, 77 anos, foi positivado com Covid-19 no dia 5 de abril. No dia 8, foi internado na UTI São Rafael do Hospital Maicé, em Caçador (SC), e já completa 13 dias entubado se recuperando da doença.

Para demonstrar força e incentivo a recuperação do presidente, as atletas entraram em campo para cantar o hino usando uma camiseta personalizada. Na estampa, uma foto de Salézio e a frase “Tudo é possível para quem tem fé! Força Salézio”. Ainda, após a execução do hino, as atletas ajoelharam em campo para um minuto de oração. 

Salézio é uma das grandes personalidades incentivadoras do futebol feminino brasileiro. O Avaí Kindermann é o berço de grandes atletas. Camilinha, Andressinha, Julia Bianchi, Gabi Zanotti entre outros nomes da modalidade já passaram pelo Avaí Kindermann e tiveram a oportunidade de trabalhar com Salézio.

 

De acordo com o último boletim médico, Salézio tem apresentado pequenas melhoras. Deixou o estado gravíssimo com o qual entrou na UTI, e segue em estado grave. Sem nenhuma outra complicação, agora luta para voltar a ter o pulmão funcionando sem ajuda de aparelhos.

 

No jogo entre Napoli e Flamengo nesta quinta-feira (22), as atletas do Napoli devem repetir o ato, já que Salézio é também o gestor e investidor da equipe.

 

O jogo

 

O Avaí Kindermann perdeu para o Palmeiras por 3 a 0 na tarde desta quarta-feira (21), no Caldeirão da Baixada, em Caçador, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino.

 

Com o resultado, o time catarinense, comandado pelo técnico Jorge Barcellos, soma três pontos, pois na estreia havia vencido o São José por 1 a 0 fora de casa.

 

No primeiro tempo da partida, o time da casa não conseguiu se impor e, aos 40 minutos, o Palmeiras abriu o placar com Camilinha, chutando de longe, cruzado, e enganando a goleira Bárbara, mandando no ângulo esquerdo.

 

A goleira Bárbara ainda foi expulsa, deixando o time com uma atleta a menos.

 

No segundo tempo, o Palmeiras ampliou o placar logo aos 6 minutos. Em cobrança de pênalti, a atacante Bia Zaneratto mandou no canto direito, rasteiro: 2 a 0. Nos acréscimos, Camilinha ainda marcou o terceiro gol, fechando o placar.

 

As Avaianas Caçadoras voltam a jogar em casa no sábado (24), quando recebem o Grêmio, a partir das 15h.



Jogos do Kindermann
  • Últimos jogos
    Classificação do Brasileiro A1
  • PosiçãoClubePts
    138
    237
    329
    427
    527
    627
    725
    821
    918
    1018
    1115
    1213
    1311
    1411
    157
    164




  • #VAIKINDERMANN


    Telefone:(49)3561-2199 / Sede: Rua José Bonifácio, nº 1 - Bairro Paraíso - Caçador-SC / E-mail: futebol@kindermann.com.br


    Criação NAVI7
    Skip to content